HOME VÍDEOS MÚSICAS HISTÓRIA FOTOS NOTÍCIAS SOCIAL CONTATO

Notícias

Bluyus mostra Rock de bom gosto em registro ao vivo
30 de Abril de 2019
Bluyus – Todo Amor (Ao Vivo)
(independente – nacional)

Material enviado por Island Press

por Clovis Roman

O Bluyus é um grupo idealizado por Alexandre Bluyus, músico paulista de 48 anos. O debut com sua banda atual veio com #Rock, e agora ele celebra sua carreira com um DVD ao vivo chamado “Todo Amor – Ao Vivo”. No repertório desse show, realizado no teatro do SESI de São José dos Campos. o músico apresenta músicas do EP de estréia, Pés na Areia, e do supracitado debut. Alexandre tem em sua banda um trio, composto por ele nas vozes e guitarras, Ricardo na bateria e Euclides no baixo.

O DVD resume em si apenas o show e um videoclipe como extra, da canção “Sem Água” , faixa mais tranquila, também apresentada ao vivo, sendo a terceira do repertório. Outra mais branda é a abertura, “Mentiras”. Mais compassada, “Seguir Vivendo” se destaca pelos belos arranjos e melodia vocal cativante. As imagens focam totalmente os músicos. Não há elementos visuais de distração, como fogos, panos ou elementos externos esporádicos. O palco é simples, com jogo de luz simples,que deve ser o disponível no rider da casa, praticamente estáticas. O que é ótimo.

Nada mais Rock and Roll que longa sessão instrumental com tecladeira, solos de guitarra e peso. É isso que “Nada Mais” apresenta. Sua sucessora “Promessas” também vai nessa linha, com ótimo riff de guitarra. O Rock de “Vento” e a mais radiofônica “Todo Amor”, que empresta seu nome ao produto, encerram o show regular. Os cortes entre as músicas são um pouco bruscos, não tem diálogo entre as canções; poderia ter. Mas é apenas um detalhe. Afinal, o conteúdo musical é irretocável. E há sim uma interação de Bluyus com a platéia, durante a saideira “Todo Amor”, onde a galera canta o refrão acompanhando com palmas. Bacana.

O DVD resume em si apenas o show e um videoclipe como extra, da canção “Sem Água” , faixa mais tranquila, também apresentada ao vivo, sendo a terceira do repertório. Outra mais branda é a abertura, “Mentiras”. Mais compassada, “Seguir Vivendo” se destaca pelos belos arranjos e melodia vocal cativante. As imagens focam totalmente os músicos. Não há elementos visuais de distração, como fogos, panos ou elementos externos esporádicos. O palco é simples, com jogo de luz simples,que deve ser o disponível no rider da casa, praticamente estáticas. O que é ótimo.

Nada mais Rock and Roll que longa sessão instrumental com tecladeira, solos de guitarra e peso. É isso que “Nada Mais” apresenta. Sua sucessora “Promessas” também vai nessa linha, com ótimo riff de guitarra. O Rock de “Vento” e a mais radiofônica “Todo Amor”, que empresta seu nome ao produto, encerram o show regular. Os cortes entre as músicas são um pouco bruscos, não tem diálogo entre as canções; poderia ter. Mas é apenas um detalhe. Afinal, o conteúdo musical é irretocável. E há sim uma interação de Bluyus com a platéia, durante a saideira “Todo Amor”, onde a galera canta o refrão acompanhando com palmas. Bacana.


CONTINUE LENDO

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. DESENVOLVIDO POR GRUPO BLURAY